2 de dezembro de 2011

Maldonado fica

A permanência de Pastor Maldonado na equipe Williams, apesar do contrato de cinco anos entre a PDVSA (a Petrobras da Venezuela) e a equipe inglesa, chegou a ser colocado em dúvida. Ainda mais quando a Williams deixou em branco o nome de sua dupla de pilotos para 2012.

Os opositores de Hugo Chaves no Congresso venezuelano, questinavam uma série de irregularidades e prometiam melar o acordo, uma vez que um contrato desse vulto, necessitaria  da anuência do Congresso.
No fim das contas, seguindo o exemplo de um certo país vizinho, a suposta investigação ficou pelo caminho...

Desse modo, foi acionado o sinal verde na Williams para oficializar a titularidade de Pastor Maldonado por mais uma temporada, o que não vem a ser um surpresa, diga-se.

A surpresa foi o anúncio da contratação de Valtteri Bottas como piloto de testes. Na verdade, Bottas comprou a vaga. 

Com relação a segunda vaga, a equipe declarou que será ocupada por um piloto experiente. Segundo especulações a disputa estaria entre Adrian Sutil e Rubens Barrichello - mas correndo por fora estariam os pilotos preteridos da Lotus. ( BSenna - Petrov - Grosjean)

4 comentários:

Marcos Antônio disse...

Bottas já era o figurativo piloto de testes da Williams, agora ele vai ter mais trabalho o garoto. e to achando que se o Rubens arrumar grana ele fica.

TW disse...

Marcelonso,

Chavéz mexeu seus pauzinhos e a investigação se encerrou.
Quanto ao companheiro de Maldonado, tá difícil. A Williams vai esperar até o último instante pra divulgar.

abs

Por Dentro dos Boxes disse...

rsrssr, eu já imaginava que Hugo Chavéz não deixaria seu "pupilo" desamparado nessa hora...

abs...

orlando disse...

Dilma está pensando em intervir, nas empresas do Governo, sobre patrocínio para Gonçalves em 2012 na Williams.