22 de fevereiro de 2012

Barcelona, Dia 2


Neste segundo dia de ensaios em Montmeló, o mais veloz foi Nico Hulkenberg, a bordo da gloriosa Force India. Hulk cravou a marca pela manhã com pneus supermacios e como as equipes optaram por "long runs" no periodo vespertino, a marca conquistada pelo jovem alemão não foi superada.

Outro piloto que usou pneus supermacios foi Sergio Perez. O mexicano fechou o dia com a segunda melhor marca - a bordo da Sauber.

É obvio que essa marca não garante a Force India nas cabeças em 2012, até porque, Sebastian Vettel  não usou o composto supermacio, e ainda assim terminou o dia bem próximo, com a terceira marca.

Por outro lado, mostra que a escuderia de Tio Ali está fazendo um bom trabalho. Os pilotos são consistentes, o carro é rápido e confiável, o motor é um dos melhores do grid e além disso, a equipe conta com bons profissionais em todas as áreas.
Tudo indica que os indianos terão uma bela temporada pela frente, Lotus e Mercedes que se cuidem.

Enquanto a maioria da escuderias centrava o foco em simulação de corrida, sem a preocupação com tempo de volta, a Ferrari fez o caminho inverso. El Fódon passou praticamente o dia todo com a quinta marca, atrás de Sauber e Toro Rosso, equipes que também utilizam motor Ferrari.

A pouco menos de 30 minutos para o encerramento da sessão, o espanhol calçou pneus supermacios e conseguiu melhorar sua marca. Alonso subiu para quarta posição, deixando ao menos a Toro Rosso de Daniel Ricciardo para trás.

É evidente que o carro vermelho não vai bem. Será preciso muito, mas muito trabalho para tornar essa máquina competitiva. Além da feiura, a falta de tração em curvas de baixa, segundo especialistas, é um dos problemas que mais comprometem o novo modelo.

Já McLaren e Red Bull seguiram seus programas de testes sem grandes dificuldades. Lewis Hamilton focou "long runs". O jovem inglês da McLaren, foi o piloto que mais rodou hoje - foram 120 giros.

Tiãozinho além de simular uma corrida com 60 voltas, com tempos variando entre 1:26 - 1:29, utilizou os últimos minutos da sessão para treinar pitstops. Definitivamente, os rubrotaurinos tem nas mãos a máquina a ser batida.

Hoje foi o dia de Nico Rosberg assumir a boléia na Mercedes. Neste segundo dia, a Mercedes completou 82 giros. Por enquanto, a participação dos alemães tem sido discreta - é apenas o segundo dia que o pernilongo prateado vai para a pista.

Na Williams, a vez foi de Bottas. O finlandes não fez nenhuma bobagem, virou tempos muito próximos aos conquistados pelo primeiro-sobrinho, além de acumular um bom número de voltas - 117. Mais uma vez, a equipe de Grove fecha o dia a frente apenas das nanicas. É meus bons, o carro é confiável, mas velocidade não parece ser o forte desse modelo...

Ah sim, Petrov fez sua estréia na gloriosa Caterham. O russo completou 69 giros, fechando o dia na penúltima posição.

Aos tempos:

5 comentários:

Ron Groo disse...

O carro bozo em primeiro... Não dá pra levar a sério os tempos nos testes mesmo...

Mas que tá deixando a gente com esperanças que a feiura iguale os desempenhos, tá...

F-1 A.L.C. disse...

O Nico passou o restante do dia num spa relaxando os pés doloridos, em banho de ervas....

Vem cá xará, cé é gremista mesmo, ou as cores do blog são somente um lapsus?

Will disse...

Gostei do "pernilongo prateado" kkkkk!

Marcelonso disse...

@Groo - Esses tempos tão uma verdadeira zona, mas no fundo a gente sabe que vai dar Red Bull...

@Xará - Ele também refez as unhas dos pés...
Não sou gremista, nem colorado. Sou Flamengo, mas não tenho uma nega chamada Tereza...

O azul do fundo foi obra do acaso...

abs

TW disse...

André,

a Force India é um bom exemplo de gestão empresarial. rimos muito quando ela entrou na categoria e hoje, creio que seja a quinta, se não a quarta, força do grid.

Ferrari deve ter um começo de ano bem complicado.

abs