29 de fevereiro de 2012

No Túnel do Tempo - Incandescente

Mika Hakkinen apesar do bicampeonato alcançado na F1, nunca teve o reconhecimento devido. Ainda que não tenha sido um piloto que dava show a todo momento, realizou algumas belas corridas.

Uma das mais marcantes, a meu ver, aconteceu em Spa Francorchamps, na Bélgica, em 2000. Aquela ultrapassagem no final da reta, enganando Michael Schumacher numa manobra ousada - colocando um retardatário entre eles, e passando pela direita -  foi sensacional...

Ah! Essa bela máquina da imagem acima, foi concebida por uma das cabeças mais geniais que já se viu na F1 - Adrian Newey.

Abaixo o video da ultrapassagem:





6 comentários:

André Candreva disse...

Marcelonso,

o carro é lindo...

e o vídeo é sensacional...

valeu

Eduardo De Campos disse...

O retardada otário era o brasileiro Ricardo Zonta, que já se arrastava pelos circuitos...

Ron Groo disse...

Me lembro de prender o folego neste dia... E depois de rir que nem louco. Afinal, estava vendo a história sendo escrita.

Sobre a foto, tem uma de uma williams com o Ralf pilotando que é classe A também... Fica incandescente e muito linda.

TW disse...

Marcelonso,

sem sombra de dúvidas, foi uma das mais belas ultrapassagens que vi na F1. Digna de campeão! Pena que o carro não permitiu o tricampeonato ao finlandês.

abs

Marcelo Betioli disse...

Marcelo.

Sempre achei muito bom piloto.
Essa McLaren então, nem se fala. Linda.

Abraços.

Renan disse...

Marcelonso,

Sou fã do Hakkinen e o considero como um dos melhores de sua época.

Quanto à ultrapassagem, acho que só perde para aquela do Nelsão em cima do Senna em Hungaroring...