23 de julho de 2014

Ariano Suassuna



Morreu nesta quarta-feira, aos 87 anos o genial Ariano Suassuna.

O poeta paraibano estava internado desde a última segunda-feira, após sofrer um acidente vascular cerebral.

Uma perda enorme para o Brasil.

No Carnaval do próximo ano, o dramaturgo paraibano deverá ser homenageado pela escola de samba Unidos de Padre Miguel.

Descanse em paz.

3 comentários:

Thomas disse...

Esse era Fera!

Além de poeta, dramaturgo... romancista...ensaísta... grande defensor da cultura nordestina... e vai por aí a fora.
Dentre tantas obras que deixou, não podemos esquecer da mais famosa: "Auto da Compadecida".

Com tantas obras valiosas que tem, pessoas desse naipe não morrem nunca, é só um breve "até logo".

Anônimo disse...

" “Não é o momento pra isso. Não estou falando na política miúda. Nunca me omiti na política, faço política com ‘P' maiúsculo. Tenho interesse no Brasil. Por enquanto nós estamos querendo a reeleição de Dilma”, teria declarado o escritor na saída do seminário Juntos por Pernambuco, que aconteceu nesta quinta-feira (21), em Gravatá, Agreste do Estado."

Em 22 de fevereiro de 2014.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz31089907.htm


Grande romancista, ensaísta, dramaturgo. Ah, e poeta. Genial, realmente, mas as opções ideológicas... péssimas !

Nelson Rodrigues é imortal. Leio e releio inúmeras vezes. Verdadeiro grande mestre de obras, bastante claras sobre todos nós, receba-o com carinho. Ia me esquecendo. João Ubaldo Ribeiro, que não teve o mesmo carinho dedicado por nossa imprensa nanica( e dos blogs da vida ) - talvez por ter sido um grande combatente contra esta mendacidade chamada 'lulismo' - está subindo também. Já chegou ? Grade Ubaldo !


M.C.

PH Miniaturas disse...

Não está sendo um ano fácil para a literatura... García Marquez, Rubem Alvez, João Ubaldo Ribeiro, e agora o mestre Ariano...

Mais um que deixará muitas saudades.

Abraço do Strider