3 de outubro de 2010

Até tu Irvine?

Depois de Eddie Jordan afirmar com todas as letras, que demitiria Michael Schumacher caso fosse chefe da equipe Mercedes, agora foi a vez de Eddie Irvine sentar a lenha no alemão.

Irvine não economizou, foi logo mandando ver quanto perguntado sobre o regresso de Michael Schumacher em 2010.Nâo é demais lembrar que os dois foram companheiros de equipe na Ferrari de 1996 a 1999.

"No papel, o retorno não era uma ideia tão ruim, mas em 2006 o Felipe Massa já estava melhor do que ele. Três anos depois ele vem perdendo ainda mais. O resultado? Um desastre. As desculpas dele são palavras jogadas ao vento: equipe nova, pessoas novas, etc. No nosso primeiro ano de Ferrari, o carro era ruim, mas ele venceu três GPs", falou Irvine ao periódicol italiano "Gazzetta Dello Sport".

Um comentário:

F-1 A.L.C. disse...

porque esse cara não declarou isso em 2006? gosto dos dois eddies (até da mascote de iron gosto) mais chutar cachorro morto (velho) não é uma atitude das mais deceeentes!