16 de fevereiro de 2011

Williams e Mercedes pirotecia em Jerez?

A equipe Williams rebateu alegações que apontam como fictício o melhor tempo conquistado por Rubens Barrichello no último dia de testes na semana passada em Jerez .

Rumores sugerem que o carro estava com pouca gasolina, pneus supermoles e abaixo do peso devido a remoção de sua unidade do KERS. E vão mais além, apontam ainda que essa pirotecnia teria como objetivo atrair a atenção da mídia, já que a equipe negociava parte de seu capital no mercado de ações justamente naquele periodo.

"Absurdo absoluto. O tempo é real. Qualquer um que conheça a nossa equipe sabe que jamais correriamos abaixo do peso. É evidente que  Rubens utilizava o pneu supermole, e é claro que ele tinha um pouco menos combustível no tanque. Mas o KERS e todos seus componentes estavam a bordo, só cortamos a conexão do gerador para o motor, porque nós tínhamos tido um problema com a refrigeração." rebateu o diretor técnico da Williams, Sam Michael

Ao mesmo tempo, o chefe da equipe Mercedes, Ross Brawn também negou acusações de que o melhor tempo cravado por Michael Schumacher no segundo dia em Jerez, tinha como objetivo aliviar as pesadas críticas que o carro vem sofrendo na Alemanha.

 "Não há razão para perder um tempo precioso com ações dessa natureza, não precisamos disso. Nosso carro conseguiu a melhor marca numa sequencia de voltas, e nossa maior preocupação é continuar trabalhando para concluir nosso programa de desenvolvimento." comentou Ross Brawn.

Não acredito que uma equipe com toda a tradição da Williams possa utilizar um carro abaixo do peso, ainda que seja em treinos da pré-temporada,  não faz parte da natureza dessa gloriosa escuderia usar artificios dessa natureza, até porque, Flavio Briatore não faz parte do staff.

Agora, essa estratégia de andar com pouca gasolina e pneu supermole para aparecer, faz parte do jogo. Mesmo que estar na ponta não signifique muito, sempre faz bem para a moral do time e pilotos, além de trazer mais tranquilidade para a sequencia do trabalho, ainda mais quando as coisas não andam tão bem quanto deveriam, como é o caso da Mercedes.

3 comentários:

Marcos Antônio disse...

isso é inveja! A Willaims tá preocupando as outras equipes! hehehe

Diego Trindade disse...

E tomara que essa preocupação e o tempo sejam "verdadeiros" verdadeiros!

Ron Groo disse...

eu até entendo este tipo de ação vinda da Williams, afinal a equipe precisa desesperadamente de grana, mas a Mercedes? ixi... algo vai mal na equipe do salsichão com chope quente.