12 de maio de 2011

Pingos da semana

Vamos girar por algumas noticias que movimentaram o noticiario do esporte a motor nesta semana que está chegando ao seu final...

1- GP da Turquia bate recorde em ultrapassagens

A corrida realizada na última semana em terras turcas foi repleta de números. Além das 82 paradas para troca de pneus, o GP marcou um novo recorde na categoria: foram realizadas 79 ultrapassagens.

Segundo estudiosos, o recorde anterior datava de 1983, desde o GP de Long Beach.

Até agora, em quatro provas foram registradas mais da metade das ultrapassagens realizadas em todo o ano passado. É verdade que as traquitanas desenvolvidas nesta temporada, como a asa traseira móvel, o KERS e porque não dizer, os pneus, contribuiram imensamente para esse fim. Ainda que a base disso tudo seja artificial, é preciso admitir que está divertido.

2- FIA sinaliza a liberação de testes

Jean Todt, atual presidente da FIA, declarou que deseja o retorno da liberação dos testes. Isso deverá acontecer  2013, mas existe a possibilidade de liberação para a próxima temporada. Claro, desde que todas as equipes concordem.

Sou favorável a liberação dos testes, por acreditar que seu retorno pode possibilitar um maior  poder de reação das equipes ao longo da temporada.

É evidente que é  preciso existir fiscalização, nada de liberar geral.

 Acredito que agendar testes coletivos ao longo da temporada, e assim conceder a mesma oportunidade para todas as escuderias, pode ser uma medida razoável.

3-Michael Schumacher na berlinda

A vida de Michael Schumacher nas pistas anda bem complicada. Ainda que a Mercedes tenha novamente declarado publicamente apoio incondicional ao velho kaiser, a chapa começa a esquentar.



Foram até aqui, 23 corridas. Rosberg se classificou à frente do velho alemão em 19 oportunidades (19x 4).

Nas corridas, a situação também não foi muito diferente, Rosberguinho chegou na frente de Schumacher em 17 provas(17 x 6). Sua performance na pista está muito distante do esperado.

A mídia tem batido pesado, especialmente a italiana, que não cansa de ridiculariza-lo. Até mesmo a mídia alemã vem comparando seu nivel a Narain Karthikeyan.

Sempre fui defensor de mais uma temporada a Schumacher, mas vejo que o tempo tem sido impiedoso, é muito difícil manter os reflexos tão apurados quanto aos dessa garotada, com metade da idade do heptacampeão, é fato.

Por outro lado, não concordo com a afirmação que Michael foi uma farsa, eram outros tempos. Talvez não tenha tido um nivel elevado de adversários durante toda a sua trajetória, mas nada disso vai apagar tudo o que ele fez na F1, continuará sendo um dos maiores pilotos de todos os tempos.

4- Alonso confiante na luta pelo título

O pódio na última corrida renovou as esperanças da Ferrari e principalmente de Fernando Alonso na luta pelo campeonato. Assim como na temporada passada, quando o espanhol avisou que entraria na briga pelo título e muita gente não acreditou, Alonso afirmou com todas as letras que ainda está na luta pelo campeonato.

Nem mesmo a diferença de 52 pontos em relação ao lider Vettel, é motivo para desanimar El Fódon de Las Asturias. Ele acredita que a escuderia italiana tem plenas condições de evoluir. Para tanto é preciso muito trabalho de todo o staff e principalmente assumir riscos.

5- Barrichello afirma que só fica, caso a Williams melhore muito

Pois é, o glorioso Rubens Barrichello soltou mais essa pérola. O piloto brazuca afirmou para o site Autosport, que só renovará com a Williams para a próxima temporada, se a equipe melhorar drasticamente.

Tudo bem que a situação é preocupante no time inglês. A escuderia amarga seu pior inicio de campeonato de sua história, e o que é ainda mais preocupante, fez um carro muito ruim.
Mas a essa altura do campeonato, o cara soltar uma declaração dessa natureza na midia, não ajuda em nada. É evidente que ele tem todo o direito de estar descontente, mas existem certas situações que não precisam ser expostas desse modo. Mais uma vez, Barrichello mostra que fala demais... É mesmo um fanfarrão (tanx Cap. Nascimento)

3 comentários:

Marcos Antônio disse...

é Schumacher tem ir pra fila dos aposentados logo...rs

Anônimo disse...

Barrichelo fala como se tivesse diversas propostas na f1...

Ron Groo disse...

Até onde sei, com a saída de Sam Michael põe o 1B na berlinda mesmo, já que a contratação do ancião é obra do tonto do Sam...

Ele vai sair e Mike Couglhan não tem muita vontade de trabalhar com o falador.
Acho que agora vai...